Centro de Comunicação e Expressão
  • 07 e 08/11/2023 – VII Jornada do NEI

    Publicado em 11/10/2023 às 13:01

    Nos dias 07 e 08 de novembro, o Núcleo de Estudos Irlandeses (NEI – CCE/UFSC) realizará a sua 7a jornada. O tema da Jornada de 2023 é “Artes irlandesas e deficiências”.

    No dia 07/11, a programação contará com exibição de uma peça de radioteatro em formato de instalação sonora da peça Como criar a sua própria sereia (Marina Carr, 1996. Trad. e adaptação por Alinne Fernandes) e do curta An Irish Goodbye, vencedor do Oscar, BAFTA, e IFTA, inédito no Brasil e com legendas em português.

    No dia 08/11, a programação contará com palestras dos professores Christopher Morash (TCD/Irlanda), Vitor Alevato (UFF/Brasil) e uma entrevista com a dramaturga Rosaleen McDonagh, ativista dos direitos de PCD e da minoria étnica Irish Traveller, além de painéis com apresentações de membros do NEI e participantes externos.

    Haverá também lançamentos de livros e coffee break. Haverá emissão de certificados para participantes ouvintes. Para isso, será necessário fazer inscrição gratuita pelo link: http://inscricoes.ufsc.br/viijornadanei. A programação completa está disponível no site: https://nei.ufsc.br/2023/10/09/vii-jornada-nei/.


  • Escolha do(a) Vice-Diretor(a) do CCE, Gestão 2023-2025

    Publicado em 10/10/2023 às 14:15

    ORIENTAÇÕES GERAIS PARA A ELEIÇÃO

    No dia 25 de outubro, será realizada a consulta ao conselho do CCE para escolha dos candidatos a Vice-Diretor(a) do Centro, gestão 2023 – 2025.

    A consulta segue o determinado pela Resolução nº 01/CCE/2023, de 06/10/2023, a qual se baseia nas normativas também aprovadas em 06/10/2023.

    Desta forma publica-se aqui o Edital de Convocação para eleição.

    Conforme art. 4º da resolução supracitada, poderão votar na consulta para eleição para o cargo de vice-direção os membros titulares do Conselho da Unidade presentes na reunião. Na ausência do membro titular, o suplente presente na reunião do Conselho da Unidade terá o direito de voto.

    A eleição acontecerá por escrutínio secreto e uninominal, em formato de votação presencial, sendo vedada a adoção de qualquer outro sistema.

    Poderão inscrever-se como candidatos, integrantes da Carreira de Magistério Superior, lotados no CCE e em efetivo exercício, ocupantes dos cargos de Professor Titular ou de Professor Associado 4, ou que sejam portadores do título de doutor, neste caso independentemente do nível ou da classe do cargo ocupado, conforme Decreto N.º 6.264, de 22 de novembro de 2007.

    As inscrições dos candidatos para a consulta ao conselho do Centro de Comunicação e Expressão serão realizadas exclusivamente por meio eletrônico (não presencial), com o preenchimento do formulário de inscrição que deverá ser assinado digitalmente (em conformidade com a Portaria Normativa nº 276/2019/GR/UFSC, que disciplina o uso de certificação digital na UFSC) e enviado (no formato PDF) à Secretaria Administrativa do Centro de Comunicação e Expressão no endereço eletrônico – cce@contato.ufsc.br.

     Os candidatos poderão inscrever-se no período de 11 a 16 de outubro de 2023, enviando e-mail para a Secretaria Administrativa do Centro de Comunicação e Expressão, no endereço eletrônico – cce@contato.ufsc.br até às 17h00min do dia 16 de outubro de 2023.

     

    Florianópolis, 10/10/2023

     

    A Comissão Eleitoral

    Marília Matos Gonçalves, Julia de Marchi e Cristiano Alves da Silva


  • 06 a 08/12/2023 – IX Simpósio de Design Sustentável

    Publicado em 04/10/2023 às 14:37

    O SDS 2023 – IX SIMPÓSIO DE DESIGN SUSTENTÁVEL vai acontecer na UFSC, especificamente no CCE – bloco B, no auditório Henrique Fontes, durante os dias 06 a 08 de Dezembro de 2023.

    Maior evento de Design Sustentável do país, reunirá pesquisadores dos PPGs de Design e Arquitetura para discutir os temas relacionados à questão dos ODS (Agenda 2030) e da tríade da sustentabilidade Econômica-Social-Ambiental no âmbito do Design e da Arquitetura. Dentre as várias palestras, já estão confirmados:

     

     

     

     

     

     


  • 02 a 06/10/2023 – IV Seminário Oco “Lances Enlaces”

    Publicado em 26/09/2023 às 10:52

    No próximo dia 2 de outubro, segunda-feira, às 10 horas, no Auditório do CCE, a escritora Marilene Felinto fará a abertura do IV Seminário Oco – lances enlaces, com a conferência “Identidade e Literatura: do Nordeste ao Sul do Brasil”.

    Seguem-se à honra e alegria de recebê-la 43 comunicações orais inscritas em nossa chamada que, como no ano passado, busca “reagrupar, reocupar” através dos “lances enlaces” que propõem as falas-iniciativas-performances no evento de 2023. Além disso, teremos a participação do Slam Estrela d’Alva, uma mostra de sete filmes de cinema dos povos originários e lançamento de livros.

    Com participação de estudantes, professorxs e egressxs de graduação e pós-graduação de diferentes centros da área de humanas da UFSC e de outras universidades brasileiras, o IV Seminário Oco conta com três falas magnas de escritoras-pesquisadoras atuantes no Brasil: além de Marilene Felinto, autora de As mulheres de Tijucopapo e Mulher feita e outros contos, vamos receber a historiadora Beatriz Mamigonian (UFSC), autora de Africanos livres. A abolição do tráfico de escravos no Brasil, e a ensaísta Luciana di Leone (UFRJ), autora de Ana C.: as tramas da consagração. Beatriz Mamigonian apresenta sua pesquisa sobre “Mário de Andrade, Cunhaú e o patrimônio cultural dos engenhos escravistas”; já Luciana di Leone performa sua leitura intitulada “De vacas e leite: disputas políticas da memória”.

    A organização do Seminário Oco – formada por Carlos Eduardo Capela, Artur Giorgi, Alexandre Nodari, Jorge Wolff (professores do DLLV-PPGLit), Allende Renck, Diogo Araújo, Luiza Borges, Marina dos Santos Ferreira, Mercedes Rodríguez, Rodrigo Amboni, André Barcellos, Carol Nova Cruz, Sabrina Alvernaz e Sérgio Barboza (estudantxs ou egressxs do PPGLit) – agradece à PROPG, PPGLit, CCE como principais apoiadores, ao lado da PROGRAD, DAC, CFH e LEC, que cederam espaços físicos para o evento. Agradecemos também ao Slam Estrela d’Alva pela disposição de poetar em tempo real e ao Cineclube Rogério Sganzerla, por abraçar nossa mostra de cineastas dos povos originários.

     


  • 25 a 29/09/2023- Semana Do Tradutor (PGET)

    Publicado em 26/09/2023 às 10:41

    No dia 30, comemora-se o Dia do Tradutor. Para marcar a data, a Pós-Graduação em Estudos da Tradução (PGET) organizou uma série de atividades.

     

    • Data: 25 de setembro
    • Horário: 18h
    • Local: Sala Machado de Assis (Bloco B do CCE)
    • Palestra: El uso de estrategias en la interpretación a lengua de signos/señas y propuestas para su enseñanza
    • Palestrante: Rayco Hautacuperche González Montesino – Universidade Rey Juan Carlos de Madri

     

     


    • Data: 27 de setembro
    • Horário: 18h30
    • Local: Laboratório 007 (Bloco A do CCE)
    • Workshop: Tradução automática como motor da IA
    • Ministrante: Rui Sousa-Silva – Universidade do Porto/Capes-PrInt

    No final de 2022, o lançamento do ChatGPT, da OpenAI, chamou a atenção da humanidade para os mais recentes desenvolvimentos da inteligência artificial: a geração automática de texto, supostamente idêntica à produção de texto humana. Desde então, o uso da ferramenta de geração de texto tem estado no centro da discussão: deverão as ferramentas de inteligência artificial ser permitidas ou banidas? Serão as ferramentas realmente capazes de produzir texto de forma capaz, viável e idêntica à produção humana? Este minicurso tem como objetivo suscitar algumas questões sobre a utilização das ferramentas de geração automática de texto, desde a execução das tarefas mais básicas até a realização (indevida) de trabalhos acadêmicos  e científicos. Realizando várias tarefas de natureza prática, iremos ver como, especificamente, na base da geração automática de texto se encontram sofisticados sistemas de tradução automática. O minicurso termina com uma questão para reflexão: estará a inteligência artificial a colonizar, por via do inglês, as restantes línguas por via da tradução automática’.


    • Data: 28 de setembro
    • Horário: 14h
    • Local: Sala Machado de Assis (Bloco B do CCE)
    • Palestra: A escrita multilingue e questões de tradução
    • Palestrante: Kiran Bhat – Escritor Indiano

    O escritor Kiran Bhat é um viajante incansável, tendo visitado 148 países e vivido em 25 cidades ao redor do mundo. Ele domina 12 línguas, incluindo o português. Conhecido como o escritor do romance We of the Forsaken World, Kiran possui uma vasta experiência literária, com diversas publicações em renomadas revistas literárias. Além disso, ele é um apaixonado por línguas estrangeiras, tendo publicado escritos em cinco idiomas diferentes.


    • Data: 29 de setembro
    • Horário: 14h30
    • Local: Sala Machado de Assis (Bloco B do CCE)
    • Palestra: Inteligência artificial: a tradução no centro da nova ordem mundial
    • Palestrante: Rui Sousa-Silva – Universidade do Porto/Capes-PrInt

    Desde a invenção da tradução automática, nos anos 60 do século passado, a área tem sofrido vários processos de mudança. Tendo começado como tradução automática baseada em regras, evoluiu, depois, para a tradução automática de base estatística, a que se seguiu a fase da tradução híbrida, e, mais recentemente, a era da tradução automática neural. Com os novos desenvolvimentos, a tradução automática adquiriu novas “capacidades”, que lhe permitem obter uma qualidade de tradução que, para muitos seres humanos, é idêntica – senão mesmo superior – à qualidade alcançada pela tradução humana. Estes desenvolvimentos permitiram que a tradução automática passasse a ser integrada em todos os processos, desde a simples pesquisa de informação até à tradução automática profissional, passando pela implementação em todas as práticas sociais. Partindo deste contexto, esta sessão traça brevemente o percurso da tradução automática, das suas origens até à atualidade, para questionar o estado atual do ramo da tradução, as suas forças, as suas fraquezas, as suas oportunidades e as suas ameaças. Recorrendo a exemplos práticos, veremos como a tradução automática reproduz cada vez mais as práticas humanas, nas suas virtudes e nos seus defeitos, bem como o seu impacto no ramo da tradução profissional. A apresentação termina com uma discussão sobre o futuro da tradução na era da inteligência artificial.


  • 26/09/2023 – Cineclub Italiano exibe Black Sabbath

    Publicado em 21/09/2023 às 8:40

    Cineclub Italiano da UFSC exibe o filme Black Sabbath – As Três Máscaras do Terror (1963) de Mario Brava. O Cineclub Italiano é coordenado pelo Prof. Romanelli do DLLE/UFSC e por Antonio Cava. Apoio: MIS.CIC,  DLLE-UFSC, Versátil, Fundação Catarinense de Cultura, Governo do Estado e DOLCE.

    • Data: 26 de setembro
    • Horário: 19h
    • Local: Cinema do CIC – Av. Gov. Irineu Bornhausen, 5600 Agronômica – Florianópolis – SC
    • Classificação indicativa: 14 anos
    • Retirada dos ingressos gratuitos (até esgotamento) no local meia hora antes da sessão.

     

    “Black Sabbath – As três Máscaras do Terror” de 1963 (O título do filme inspirou o nome da famosa banda de rock americana) é uma antologia com três episódios ecléticos do gótico italiano, um de mistério, outro sobre vampirismo russo e o terceiro: o sobrenatural. Baseados em contos de três grandes escritores: Tchekhov, Tolstói e F. G. Snyder. Nessa antologia o diretor criou uma das cenas mais divertidas do cinema. O apresentador do filme é o icônico ator Boris Karloff, que aparece também em um dos episódios. Mas é na cena final quando o ator está a cavalo numa floresta, que Bava vai revelando os truques da cena: o cavalo falso, o vento do ventilador, e figurantes segurando galhos de árvore parecendo uma floresta. Um final auto irônico que já nasceu cult e inspirou o poético final de “La nave Va” do Fellini. O filme “As três Máscaras do Terror”, abre o Halloween na Ilha da magia, com o ciclo de Terror Gótico Italiano, no CIC – Cópia restaurada. Imperdível.


  • 22/09/2023 – Professor do Departamento de Artes publica livro de ficção

    Publicado em 14/09/2023 às 10:12

    ‘Os Sonhos Perturbados de Juliano Adrián’ integra projeto literário coordenado por Marcio Markendorf; livro será distribuído gratuitamente nos dois dias de lançamento.

     Uma publicação inédita de escritor argentino gay será lançada em Florianópolis nos próximos dias. Escrito pelo argentino Juliano Adrían, o livro ‘Os Sonhos Perturbados’ será lançado em dois eventos em Florianópolis, com distribuição gratuita do exemplar. Ainda inédito no Brasil, o escritor argentino engrossa o rol mítico dos artistas sofredores que dão cabo da própria vida no auge da criatividade, a exemplo de escritoras como Alejandra Pizarnik, Sylvia Plath e Ana Cristina Cesar. Cometendo suicídio em abril de 1981, Adrián deixou um vertiginoso legado literário, centrado em temas gays e na cena underground de Buenos Aires, e está sendo redescoberto pela crítica argentina. Os registros de seus sonhos perturbados, tão imagéticos quanto sua poesia, chegam agora em tradução única do tradutor e curador Gabriel Contreras. É com base nesse percurso biográfico que a obra pretende produzir um provocativo efeito de realidade no público leitor.

    De acordo com o escritor e pesquisador Marcio Markendorf, responsável pelo projeto, a publicação é, na verdade, uma coletânea de sonhos de um autor fictício apresentado como pessoa real. “Essa estratégia é elaborada por meio de diferentes recursos paratextuais, tais como prefácio de um psicanalista, notas do tradutor, posfácio de crítica literária, fotografias, perfil literário, detalhes históricos e culturais da Argentina contidos no livro e pelo próprio projeto gráfico do volume. A ideia, com isso, é construir uma ilusão biográfica a partir da ‘materialidade’ e da ‘verossimilhança’ produzida por dispositivos narrativos”, explica. A editora Aboiz, o tradutor Gabriel Contreras, o detentor do espólio de Juliano Adrián, Sergio Córdoba Sosa, e o próprio poeta são figuras meramente ficcionais – incluindo a fotografia do argentino, criada por meio de inteligência artificial. Reais mesmo cúmplices desse jogo ficcional é o psicanalista Lucas de Oliveira Alves, prefaciador do livro, e a escritora e crítica literária Izabela Drozdowska-Broering, posfaciadora.

    Markendorf ressalta, ainda, que, em função da natureza provocativa da obra, alicerçada em uma perspectiva poética pós-moderna, a publicação ficcional proporciona uma experiência de leitura singular aos leitores, sobretudo em uma época tão afeita ao consumo de produtos confessionais de artistas, como cartas, diários, cadernetas – e mesmo sonhos. “É nesse tensionamento entre uma biografia trágica e a verdadeira natureza da autoria que a literatura reafirma seus poderes de contrafação da realidade, enganando o leitor”, destaca.

    Radicado em Florianópolis, Marcio Markendorf é um autor gay com outras ficções publicadas, com destaque para a novela “Soy loca, Lorca, feito um chien no chão” (Urutau, 2020) e a coletânea de contos “A lua fantasma” (Hecatombe, 2023). O autor também é professor e pesquisador no Departamento de Artes e no Programa de Pós-graduação da Universidade Federal de Santa Catarina.

    “Os sonhos perturbados de Juliano Adrián” foi contemplado no Edital de Apoio às Culturas 2021, lançado pela Prefeitura Municipal de Florianópolis por meio da Fundação Franklin Cascaes de Cultural e pela Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, com recursos oriundos do Fundo Municipal de Cultura. Além disso, o lançamento conta com o apoio da Fundação Hassis e do Centro Cultural Veras.

    Eventos de Lançamento:

    • Data: 22 de setembro
    • Horário: 19h
    • Local: Fundação Hassis – Rua Luiz da Costa Frevsleben, 87, Itaguaçu
      .
    • Data: 26 de setembro
    • Horário: 17h
    • Local: Centro Cultural Veras – Rua Vera Linhares, 2064, Córrego Grande

    Durante o evento, além da entrega gratuita de exemplares, serão realizadas leituras comentadas com Lucas de Oliveira Alves, Izabela Drozdowska-Broering e Marcio Markendorf. Entrada gratuita. Classificação do livro: 16 anos.


  • 29/08/2023 – Cineclub Italiano exibe Anima Persa

    Publicado em 25/08/2023 às 11:10

    Cineclub Italiano da UFSC exibe o filme Anima Persa (1977) de Dino Risi. O Cineclub Italiano é coordenado pelo Prof. Romanelli do DLLE/UFSC e por Antonio Cava. Apoio: MIS.CIC,  DLLE-UFSC, Versátil, Fundação Catarinense de Cultura, Governo do Estado e DOLCE.

     

    • Data: 29 de agosto
    • Horário: 19h
    • Local: Cinema do CIC – Av. Gov. Irineu Bornhausen, 5600 Agronômica – Florianópolis – SC
    • Classificação indicativa: 18 anos
    • Retirada dos ingressos gratuitos (até esgotamento) no local meia hora antes da sessão.

     

    Tino é um jovem interiorano puro e ingênuo, que chega a Veneza para estudar pintura. Hóspede de seus tios em uma velha e decadente mansão,  o rapaz descobre que aquele casal de aparência conservadora esconde estranhos segredos. Fábio, o tio, é autoritário e repressor, e Sofia, sua esposa, mostra-se sempre triste e insegura. Proibido de entrar numa certa dependência da casa, Tino tenta descobrir vários mistérios.


  • 15/08/2023 – Cineclub Italiano exibe Mamma Roma

    Publicado em 11/08/2023 às 11:34

    Cineclub Italiano da UFSC exibe o filme Mamma Roma (1962) de Pier Paolo Pasolini. O Cineclub Italiano é coordenado pelo Prof. Romanelli do DLLE/UFSC e por Antonio Cava. Apoio: MIS.CIC,  DLLE-UFSC, Versátil, Fundação Catarinense de Cultura, Governo do Estado.

     

    • Data: 15 de agosto
    • Horário: 19h
    • Local: Cinema do CIC – Av. Gov. Irineu Bornhausen, 5600 Agronômica – Florianópolis – SC
    • Classificação indicativa: 14 anos
    • Retirada dos ingressos gratuitos (até esgotamento) no local a partir de 18 horas.

     

    Mamma Roma (Anna Magnani) é uma prostituta de meia-idade que sonha em mudar de classe social para poder voltar a viver com filho adoelscente, Ettore (Ettore Garofolo). Ela faz de tudo para dar uma vida melhor a ele, mas o jovem não quer saber de estudar ou trabalhar e vive na rua com os amigos arruaceiros. Quando o passado de Mamma volta a atormentá-la, ela vai perceber que o recomeço é incerto e, talvez, inalcançavel. Na estreia deste filme, que chegou a ser censurado na Itália por “obscenidade”, Pasolini foi atacado por fascistas que protestaram contra o filme.O filme segue princípios do Neorrealismo. Seus planos e ângulações são inspirados em obras de Giotto, Caravaggio e outros grandes artistas plásticos. Exibido no Festival de Veneza, onde levou os prêmios de melhor atriz (para Anna Magnani) e Italian Cinema Clubs Award para Pier Paolo Pasolini.


  • 17/08/2023 – Aula Magna do PPGI

    Publicado em 07/08/2023 às 17:07

    Programa de Pós-Graduação em Inglês (PPGI) convida para a Aula Magna do Programa de Pós-Graduação em Inglês, um evento de inauguração do semestre 2023.2 com o intuito de compartilhar conhecimento sobre literatura e estudos linguísticos com foco na área de inglês. O evento visa promover o engajamento de alunos e de professores e incentivar os estudos para o início de uma nova jornada acadêmica. Para isso, contaremos com a participação de dois Professores, Prof. José Gatti, doutor em Cinema Studies pela New York University e Prof. José Roberto O’shea, especialista em estudos shakespeareanos e pós-doutorado em English (Literature) pela University of North Carolina. Além disso, teremos espaço para networking e socialização com coffee break e uma exposição de livros. Participe!

    • Data: 17 de agosto
    • Horário: 14h30 às 18h00
    • Local: Auditório Henrique Fontes (Sala 013, Bloco B do CCE)

    Participe e desvende novos horizontes no universo da língua inglesa! A presença será certificada pelo SIGPEX, que terá inscrição disponibilizada durante o evento.